Sweeney Todd – O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet

sweeney-toddMeu desinteresse por Tim Burton talvez só se compare ao meu desinteresse por musicais. Não é ódio, nem acho que sejam ruins, é puro desinteresse, mesmo. Mas namorando uma fã do diretor esquisitão, acabei topando um acordo pra assistir Sweeney Todd.

Não vou me alongar muito, mas posso dizer que, tirando toda a cantoria, o filme é muito bom. Só que TEM a cantoria, então só posso dizer que é um baita potencial desperdiçado, um filme que merece nota quatro numa escala de zero a dez de navalhadas na garganta.

O filme conta a história de um barbeiro preso injustamente por um juiz que se interessou por sua mulher e quis separá-los para tentar a sorte com a moça. Quinze anos depois, de volta a Londres, o barbeiro, já sob nova identidade, vai saber o paradeiro de sua esposa e filha, mas descobre que a primeira se envenenou com arsênico e a segunda agora é “protegida” (na verdade refém) do juiz que lhe causou todos esses males. Dividindo o prédio com uma confeiteira (é isso? Padeira? Boleira? Sei lá) falida, os dois bolam um plano de progressão financeira baseado no fornecimento de carne grátis (cadáveres providenciados pelo barbeiro) para a boleira fazer seus bolos de carne. Tudo isso enquanto armam uma vingança contra o juiz.

O final trágico é previsível, e alguns detalhes que tentam ser surpreendentes acabam sendo meio previsíveis também, mas nada é capaz de tirar o brilho do filme.

Nada além daquela cantoria toda.

(IMDb)

Anúncios

Marcado:, , , , , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: