Guerra Mundial Z

guerra-mundial-zFui ao cinema numa terça-feira às duas da tarde, em minhas férias (sim, só especifiquei pra deixar algum eventual leitor com inveja), para assistir o novo filme do Brad Pitt, e posso dizer que fiquei surpreso com o que vi. Talvez por não ter muitas expectativas, gostei muito do filme, apesar de ter achado desnecessário o uso do 3D. Preferia ter assistido em duas dimensões, mas para isso teria que coçar as gônadas por mais duas horas no shopping.

Em Guerra Mundial Z, Pitt é um funcionário da ONU que, em meio ao caos instaurado no mundo em decorrência da epidemia que zumbificou a população numa velocidade assustadora, é enviado para buscar uma solução para o problema.

O filme evitou alguns clichês que o colocariam no lugar comum, e com isso conseguiu um bom destaque em um gênero que caminha para a saturação. Cuidado com os spoilers. A preocupação com a família em perigo, por exemplo, só existe no início do filme, pois eles logo encontram um local seguro em alto mar para ficar. Neste filme, também, os zumbis da cultura pop existem, então ninguém fica assim TÃO surpreso com a forma como os zumbis “reais” se comportam, pois já conheciam de filmes, séries, livros etc. Inclusive chegam a se referir a eles como zumbis.

Outra característica importante que o afasta dos clichês é a natureza dos zumbis. Eles não existem com a finalidade de se perpetuar através da alimentação, e sim através da infecção. Então, ao contrário do que estamos acostumados, se um zumbi morde alguém, ele não começa a comer seu cérebro (e o resto do corpo), mas imediatamente parte para a próxima vítima. Isso elimina um artifício bastante usado em filmes do gênero, que é a isca: sacrificar alguém para que a turba se distraia enquanto come, para que o resto do grupo consiga fugir em segurança.

Se fosse apontar um defeito, citaria a música “The 2nd Law: Isolated System”, do Muse, tocada à exaustão em pontos diversos da película. Deu um ar preguiçoso à trilha sonora, mesmo que discretamente. Talvez por eu já conhecer a música isso tenha se acentuado (e admito, sempre pulo esta música no CD).

(IMDb)

Anúncios

Marcado:, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: