Game of Thrones (2ª Temporada)

Aproveitei o feriado para assistir a segunda temporada de Game of Thrones, que já vinha adiando há meses. Comecei a assistir na época da estreia na HBO mas me desinteressei, não fui feito pra acompanhar episódios semanais, preciso tê-los todos disponíveis para consumo imediato.

A primeira temporada da série veio cercada de promessas e dúvidas, mas seu sucesso proporcionou aos realizadores tranquilidade e, principalmente, dinheiro para seguir adiante com a temporada seguinte. O avanço que vemos nesse segundo ano em termos orçamentários é sutil, aparece em poucas situações, e quem já havia lido o livro percebeu facilmente os atalhos da produção para evitar gastos excessivos, principalmente no que diz respeito à batalha em Porto Real, onde o uso do Fogovivo foi modificado com este propósito.

Muitas das alterações da adaptação foram bem vindas, pois sintetizam passagens do livro que tornariam impossível a adaptação fidedigna. Entre elas, destaco o arco da história que se passa com Denaerys em Qarth, onde muita coisa foi alterada, personagens que permanecem vivos no livro já se encontram mortos na série e o encontro da mãe dos dragões com um velho misterioso (não vou revelar a identidade dele pra não spoilear) acabou não acontecendo. A jornada de Arya também sofreu diversos cortes e alterações que julgo positivos, e a batalha pessoal de Theon Greyjoy contra sua irmã pelo reconhecimento do pai também ficou boa. Acho o ator que interpreta Theon muito bom, ele transmite muito bem a personalidade do personagem: um jovem arrogante que nunca havia sido posto à prova e de repente se vê obrigado a provar a si e aos outros que é capaz de grandes feitos, deixando aí transparecer sua insegurança e sua sensibilidade (atualização: o ator é o irmão da Lily Allen, Alfie Allen).

Por outro lado, outras alterações foram exageradas e, ao meu ver, algumas até mesmo desnecessárias. A relação entre Stannis e Melisandre, que no livro nunca foi confirmada, bem como a de Renly com Loras, foram escancaradas na série, perdendo um elemento precioso de dúvida em quem assiste. O incesto de Cersei com Jaime é tratado com certa naturalidade por esta ao conversar com Tyrion, o que em momento algum aconteceu no livro, onde a rainha fica irascível quando o assunto é mencionado. A própria relação turbulenta dela com o anão é atenuada na série. Uma grande ausência muito sentida foi a de Meera e Jojen Reed, as crianças do Gargalo, que foram até Winterfell jurar fidelidade aos Stark e acabaram se tornando amigos de Bran, tornando-se peça importante para a continuação da jornada deste último (atualização: pelo menos a presença de Jojen já está certa na terceira temporada).

Outra alteração que me deixou descontente foi com relação ao tratamento dispensado por Robb Stark à sua mãe após a traição desta, permitindo a fuga do regicida. A aspereza retratada na série não condiz com a compaixão do livro, fora o fato de Correrrio ter sido simplesmente ignorada na trama. O casamento de Robb também foi alterado de uma maneira que muda os acontecimentos do livro, visto que, com a alteração da noiva, perde-se o elemento da armação de Tywin Lannister para os eventos que ocorrem no terceiro livro.

Na Patrulha da Noite, a única coisa que senti falta foi o diálogo entre Jon Snow e Qhorin Meia-mão, deixando claro que a “traição” de Snow era premeditada e uma armação para se infiltrar no exército juntado pelo Rei pra lá da Muralha.

A já citada batalha na Baía Negra foi o ponto alto da temporada, a cena das labaredas verdes sobre o mar queimando os navios da frota de Stannis e grande parte de sua tripulação ficou muito bem feita, e a interposição das cenas de batalha com as cenas na fortaleza vermelha, com Cersei e Sansa, funcionou muito bem ao mostrar, também, a aflição daquelas que não sabiam o que se passava no campo de batalha.

Apesar das alterações na trama, acredito que será possível manter a essência da maioria dos acontecimentos para a terceira temporada. Acho que a maioria das alterações foi benéfica para a adaptação, mas citei justamente as poucas que me desagradaram. Só espero que a mudança de rumo em alguns pontos da série não prejudique a história contada nos livros que estão por vir.

(IMDb)

Anúncios

Marcado:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: