Os Descendentes

Este é apenas o segundo filme, entre os indicados ao Oscar de melhor filme deste ano, que assisti. E não é surpresa que ele esteja sendo tão comentado e cotado para certos prêmios, pois ele tem vários dos pré-requisitos de filmes que a Academia adora premiar. E digo isso pejorativamente, porque achei Os Descendentes uma porcaria.

O filme se passa no Havaí, e logo no início o narrador e protagonista George Clooney já explica que existe vida normal no arquipélago, onde pessoas trabalham em escritórios, estudam etc. Ele interpreta Matt King, um milionário que pode ficar ainda mais milionário vendendo terras que pertenciam a sua família há mais de 150 anos. Em uma viagem a trabalho, a esposa de Matt sofreu um acidente com uma lancha e ficou em coma, sendo desacreditada pelos médicos, restando a Matt a tarefa de avisar família e amigos, além de lidar com as duas filhas meio problemáticas e com a novíssima descoberta de que estava sendo traído pela mulher moribunda.

Certo, esse pequeno resumo não desqualifica o argumento do filme, na verdade é até algo bem plausível. Mas a forma como tudo foi feito é irritante. O humor do filme é raso, limitando-se a burrice do amigo da filha mais velha de Matt, que, sabe-se lá por qual motivo, acompanhou pai e filhas em todos os lugares que foram só para servir de alívio cômico à trama.

Sobre a “sub-trama” da venda das terras da família (pode conter spoilers), ao final, não houve nada de grandioso na atitude de Matt em não vendê-las, que se limitou a um ato de vingança contra o cara que comeu sua esposa, não tendo nada a ver com a nobreza de preservar a última área de natureza intacta nas ilhas. Tudo bem, o cara tem todo o direito de não querer beneficiar o cara que o presenteou com um par de chifres, mas é errado retratá-lo como um paladino dos homens honrados e defensores da natureza por isso, ele mesmo falou que ainda tinha sete anos para decidir pra quem vender.

Os Descendentes acaba desperdiçando uma história decente com gags ruins e drama barato, e que nem mesmo George Clooney, um ator que admiro, conseguiu tornar melhor.

(IMDb)

 

Anúncios

Marcado:, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: