A Tormenta de Espadas (As Crônicas de Gelo e Fogo – Livro Três)

Quando vi que se tratava de um livro de quase 900 páginas, levei um susto. Mas ao começar a lê-lo, fiquei surpreso com a manutenção da qualidade da narrativa, a fluidez da leitura e a inserção de novos elementos de forma natural à trama.

Infelizmente, por ser um idiota ansioso, antecipei algum dos acontecimentos deste livro lendo alguns spoilers pela internet. Tive que prometer a mim mesmo não repetir esta atitude ridícula, que acabou subtraindo alguns momentos de apreensão da minha experiência com a história.

George R. R. Martin compartilha uma característica interessante com Quentin Tarantino, que ajuda a distanciá-lo da fantasia ingênua de Tolkien: o total desapego aos personagens que cria. Sem medo de matá-los, de desfigurar seus rostos, de humilhá-los e de cortar a mão “boa” da espada, mesmo tratando-se de livros de fantasia, vemos realidade na história.

Neste livro acompanhamos a ascenção de Daenerys em Essos, o destino do reino do Norte, de seus clãs e da própria Winterfell, a defesa da Muralha com uma ajuda inesperada e também, é claro, todo o jogo de intrigas e traições em todos os outros pontos de Westeros.

Para mim, até agora, o melhor livro das Crônicas de Gelo e Fogo.

Anúncios

Marcado:, , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: