Não Tenho Troco

Continuando na onda de clássicos sessãodatardísticos, revi ontem com a Sarah este filme do Bill Murray sobre um assalto a banco executado por um cara (Murray) fantasiado de palhaço. Quando eu era criança eu achava a ideia genial, e me perguntava o motivo dele nunca ter sido posto em prática. Revendo ontem, é fácil perceber todas as coisas que poderiam dar errado no plano, impossibilitando sua execução.

O filme é engraçado, mas apesar da temática criminosa, é bem leve, em momento algum sentimos seriedade nas ameaças, mesmo que quem o faça esteja com uma arma carregada em mãos. Ainda assim, não sei se criariam empecilhos para a exibição desse tipo de filme às 16h nos dias de hoje. Além disso, também tem uns dois ou três “fucks” que seriam devidamente dublados como “droga!”, como fazem com qualquer filme. (aliás, dá vontade de dar um tapa na orelha de gente que só vê filme dublado e diz que filme brasileiro é ruim porque tem muito palavrão)

(IMDb)

Anúncios

Marcado:, , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: