Esposa de Mentirinha

Se dependesse de mim, nem escreveria sobre este filme. Já faz alguns meses que o assisti, no cinema, e é um filme burocrático e formulaico, como qualquer coisa do Adam Sandler, então não há mesmo muito a ser dito. A fórmula, como sempre, é: boa-vida e irresponsável, o protagonista vive despreocupadamente, geralmente atropelando alguns princípios éticos, até que algo dá errado e ele se arrepende. Tudo fica bem no final. Já vimos esta fórmula em provavelmente TODOS os filmes em que ele assina como produtor, e este não é uma exceção.

A única coisa que lembro bem de ter achado engraçado no filme foi a menina que se passou pela filha de Sandler, que imitava um sotaque britânico forçado enquanto fazia algumas expressões engraçadas com seu rosto feinho de pré-adolescente. Todo o resto do filme é repleto do mesmo tipo de piada que Sandler faz desde o início de sua carreira, misturando escatologia e adultos se comportando como crianças.

Anúncios

Marcado:, , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: