Um crime de mestre

Assisti o filme numa cópia pirata, mal legendada, com o audio ruim e a imagem achatada. ME PRENDAM. Ao final, ficou a sensação de alívio por não ter gasto um centavo sequer para assistir esta bomba. Vamos aos fatos: tirando os filmes que interpreta Hannibal (já sendo de grande boa vontade incluir Dragão Vermelho entre eles), o que Anthony Hopkins fez de bom em sua carreira? Me desculpe se algum defensor do cara discorda, mas ele alterna entre a mediocridade dos filmes que protagoniza com alguns bons momentos em filmes em que atua como coadjuvante.

Neste Um Crime de Mestre, de 2007, ele é um marido corneado que mata sua mulher de tal forma que, mesmo sendo preso “praticamente” em flagrante e com uma confissão não juramentada, não pode ser acusado pelo crime, pois não existem provas que o incriminem.

Paro por aqui. O filme até tem seus momentos de certa tensão, mas o desfecho da história é tão frustrante quando a de Al Capone. Sabem? Sobre ele ter cometido todos os crimes possíveis e imagináveis, mas ser condenado só por sonegação de impostos?

Não chega a tanto, mas é quase isso.

Anúncios

Marcado:, , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: