O Espelho

Foi com um pouco de arrependimento que escolhi O Espelho para ser o primeiro filme do Andrey Tarkovskiy que eu assistiria, em detrimento dos mais populares filmes do diretor, Solaris e Stalker. Não pela qualidade do filme, que é boa, mas pela complexidade da obra e a minha impaciência e ignorância para entendê-la no contexto em que a assisti.

Segundo a interwebs, este é o (ou um dos) filme mais “pessoal” do diretor, por ter elementos autobiográficos, e “difícil”, por uma série de motivos que dificultou muito a minha experiência, sendo eles: 1. o uso dos mesmos atores para representar personagens diferentes em momentos cronologicamente distintos do filme; 2. a não-linearidade da montagem, que em muitos outros filmes funciona perfeitamente, neste só serve para confundir mais ainda o espectador e 3. a aparente ausência de uma história com começo, meio e fim.

Lógico que um filme não precisa, obrigatoriamente, ter começo, meio e fim definidos (por exemplo: uma tragédia que mata todo mundo, ou um casamento que sela o final feliz), mas acho que, pelo menos, é necessário haver algum sinal que colabore para a reflexão de quem assiste, que leve a uma ou várias conclusões sobre o que acabamos de assistir. Isso não existe em O Espelho, ou pelo menos não existiu para mim quando assisti o filme.

O Espelho é esteticamente lindo, tem diálogos de certa forma edificantes e retrata uma sociedade em uma época que simplesmente não conhecemos aqui no ocidente, a União Soviética, e esses aspectos fazem da experiência de assisti-lo algo positivo, mas os fatos mencionados anteriormente, aliados ao idioma, que não possuo nenhuma familiaridade, transformaram o filme em uma massa de belas imagens desconexas entre si.

Anúncios

Marcado:, , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: