Splice

Achava que o filme ia ser uma bela de uma merda, mas estava enganado. O início dele é bem ruim, acelerado demais só pra chegar logo aos “finalmentes”, mas a partir do momento em que a criatura clonada ganha vida o filme fica bem interessante.

A relação a três entre o casal de cientistas e o ser que criaram tem lá sua complexidade e desperta o interesse do espectador, tendo até mesmo o seu desfecho um pouco surpreendente.

No final, o filme tenta ainda nos deixar em dúvida, mas não funciona muito bem. Me lembrou o final do Planeta dos Macacos do Tim Burton, quando o Marky Mark pousa na Terra e encontra o mesmíssimo planeta, só que dominado pelos símios. Artifício chulo pra tentar provocar o espectador na saída do cinema.

Anúncios

Marcado:, , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: